5 Estratégias para Redução de Custos com Transporte.

 

Redução de Custos

 

Através de uma Plataforma de Planejamento, Otimização e Gestão Logística que proporciona maximização da capacidade produtiva da frota, aproveitamento da malha logística com sinergia entre operações de diferentes características e gestão completa das operações logísticas, a Neolog indica 5 Estratégias para Redução de Custos com Transporte:

 

1. Planejar a sua Malha Logística auxilia na diminuição da quantidade de veículos operados, causando redução de custos na conta frete:

• No Planejamento da Malha Logística, considerar todos os processos de transporte (coletas de insumos, transferências, abastecimentos, entrega direta, cross docking, redespacho, logística reversa, milkrun e outros).
• Neste processo, a operação pode ter um ganho significativo em uma diminuição de 10% a 25% nos veículos operados, tendo uma redução considerável na conta frete.

2. Utilizar o Arranjo de Carga, por meio de uma Formatação Tridimensional, irá otimizar a ocupação das mercadorias dentro do veículo:

• Realizar o arranjo tridimensional da carga dentro do veículo e determinar a melhor acomodação dos produtos com o objetivo em obter uma ocupação máxima, considerando:

– Dimensões dos produtos;
– Restrições de orientações de carregamento;
– Sequência de descarregamento;
– Restrições de empilhamento e máximo peso suportado.

• Essas restrições trazem o ganho na ocupação máxima no veículo.

3. Buscar a melhor Roteirização, com o objetivo de encontrar as melhores consolidações de carga para realizar a viagem:

• Consolidar os pedidos de acordo com as mesos e macros regiões respeitando as restrições logísticas e comerciais.
• Decidir o tipo de serviço mais econômico de acordo com a tabela de frete ou custo logístico operacional praticado em cada região.
• Decidir pelo transportador e perfil de frota que proporcione o menor custo da operação.
• Roteirizar a viagem que proporcione o menor deslocamento possível;

4. Definir a alocação das docas e sequenciamento ideal do embarque:

• A alocação de docas e sequenciamento de embarque geram a programação ideal para expedição.
• Otimizar a quantidade de docas com base nas restrições de carga e descarga, categoria e localização de produto, necessidades estas definidas pelo serviço de programação de cargas.
• Garantir a priorização das regras de expedição de cada SKU x Embalagem e utilizar da melhor forma os recursos internos envolvidos nesse processo.

5. Monitorar o ciclo de vida do pedido:

• Gerenciar o status interno dos pedidos (análise de crédito e estoque, separação, conferência e expedição).
• Monitorar e rastrear de forma inteligente a execução do transporte.
• Acompanhar, em tempo real, a entrega de cada pedido por meio de aplicativo móvel.

– Registrar e gerenciar as ocorrências de entrega por meio de mobilidade
– Registrar eletronicamente as avarias do produto.
– Comprovação eletrônica de entrega (canhoto digital).

Para executar essas estratégias e conhecer outras soluções da Neolog entre em contato e agende uma apresentação:

[psfb id=”599″ title=”Agendamento de Apresentação”]

Produzido por André Felipe de Almeida Bruno | Marketing | Neolog

Newsletter

banner-catalogo
banner-catalogo